Nova pesquisa aponta queda de 2% do preço dos imóveis em 2016

Um estudo divulgado pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) indica que o valor dos imóveis residenciais no Brasil caiu 2,26% em 2016 - bem mais do que no ano anterior.

0
176

Um estudo divulgado pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) indica que o valor dos imóveis residenciais no Brasil caiu 2,26% em 2016 – bem mais do que no ano anterior. Em 2015, a queda foi de 0,20%.

Segundo os dados do Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), apesar da queda no acumulado do ano, os preços subiram 0,08% em dezembro, a primeira alta desde 2015. De acordo com a Abecip, o resultado de dezembro pode sinalizar que os preços dos imóveis vão estabilizar ou até voltar a subir em 2017.

“Em linha com o que se espera para os fundamentos da economia brasileira, a partir deste início de 2017 esta reversão de tendência pode apontar para um estancamento da queda dos preços nominais dos imóveis, preparando uma eventual estabilização dos valores reais ao longo dos próximos meses”, afirma a Abecip em nota ao mercado.

Para quem tem dinheiro guardado, uma oportunidade. Com o preço dos imóveis em baixa e prestes a decolar novamente, este pode ser um bom momento para quem quer começar o ano de casa nova.

Capitais

Em 2016, sete das nove capitais pesquisadas tiveram queda no preço dos imóveis, de acordo com a pesquisa. Rio de Janeiro lidera o ranking, com queda de 3,85%, seguido por Belo Horizonte (-3,55%) e Salvador (-2,87%). Em São Paulo, os preços caíram 2,39%. Só Goiânia e Fortaleza tiveram alta nos preços: 0,25% e 0,73%, respectivamente.

Na região do ABC, estudos anteriores também comprovam que os preços caíram. São Bernardo do Campo, Santo André e São Caetano do Sul estão entre as cidades com o metro quadrado mais barato do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here